Política

Maia diz que Câmara deve votar Previdência entre maio e junho

Segundo o parlamentar, a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) deve engrenar após os próximos feriados, de Páscoa e 1º de Maio

[Maia diz que Câmara deve votar Previdência entre maio e junho]
Foto : Luis Macedo/Agência Câmara

Por Matheus Simoni no dia 11 de Abril de 2019 ⋅ 15:20

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou que espera para maio ou junho a votação da proposta de reforma da Previdência no plenário da Casa. Segundo o parlamentar, durante discurso a investidores em Nova York hoje (11), na XP Investments Conference Brazil: First 100 Days, a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) deve engrenar após os próximos feriados, de Páscoa e 1º de Maio.

Para Maia, o cenário "é muito diferente hoje do que era em 2017". "Se todo mundo ajudar, a gente vai aprovar. Mais 30 dias ou menos 30 dias não fará nenhuma diferença. O que faz a diferença é antecipar e perder ou tirar da matéria o que é fundamental, professor e policial”, afirmou o democrata.

"Tem condição de aprovar, tirando o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e aposentadoria rural e garantir uma economia perto do trilhão [estimada por Guedes]. Para isso, precisa paciência. Na democracia, precisa paciência. Ouvir muito, falar pouco e dialogar muito", disse.
 

Notícias relacionadas