Política

'Não sou economista, já falei que não entendia de economia', diz Bolsonaro sobre intervir na Petrobras

O presidente também criticou os impostos estaduais

['Não sou economista, já falei que não entendia de economia', diz Bolsonaro sobre intervir na Petrobras]
Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 12 de Abril de 2019 ⋅ 18:00

O presidente Jair Bolsonaro, um dia após a Petrobras desistir de aumentar o preço do diesel, afirmou que não defende práticas "intervencionistas" nos preços da estatal, mas pediu uma justifica baseada em números.

"Me surpreendi com o reajuste de 5,7%. Não vou ser intervencionista e fazer práticas que fizeram no passado, mas quero os números da Petrobras", disse Bolsonaro.

"Se me convencerem, tudo bem, se não me convencerem tudo bem. Não é resposta adequada para vocês, não sou economista, já falei. Quem entendia de economia afundou o Brasil, tá certo? Os entendidos afundaram o Brasil", completou Bolsonaro.

Bolsonaro também criticou os impostos estaduais e disse que é preciso "mostrar à população que o ICMS é altíssimo, tem que cobrar de governador também, não só do presidente da República". Ele disse ainda que quer conversar com a Petrobras sobre a política de preços.

Notícias relacionadas