Política

Sem acordo, CCJ adia mais uma vez reforma da Previdência

A proposta enviada ao parlamento em fevereiro pelo governo Jair Bolsonaro é considerada crucial pela equipe econômica para a recuperação das contas públicas

[Sem acordo, CCJ adia mais uma vez reforma da Previdência]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Abril de 2019 ⋅ 12:48

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) decidiu adiar, mais uma vez, a análise da reforma da Previdência. De acordo com o G1, a essão teve início quando 59 dos 66 integrantes da comissão já haviam registrado presença. O quórum para abrir a reunião era de 34 deputados.

Só a partir da conclusão desta fase, que assegura que o texto é constitucional, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera as regras de aposentadoria poderá ter andamento no Congresso Nacional.

A proposta enviada ao parlamento em fevereiro pelo governo Jair Bolsonaro é considerada crucial pela equipe econômica para a recuperação das contas públicas.

Notícias relacionadas