Domingo, 13 de junho de 2021

Política

Solto pela Justiça, Luiz Argôlo deve ser barrado se tentar eleição

Ex-deputado deve aguardar para 2034, se quiser tentar voltar a um cargo eletivo, depois de condenado por desviar R$ 1,9 milhão da Petrobras

Solto pela Justiça, Luiz Argôlo deve ser barrado se tentar eleição

Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Câmara/Agência Brasil

Por: Alexandre Galvão e Juliana Almirante no dia 19 de abril de 2019 às 12:30

O ex-deputado federal Luiz Argolo deve ser barrado se quiser tentar se eleger no próximo ano.

Consultado pelo Metro1, o advogado eleitoralista Neomar Filho avalia que ele pode ser considerado inelegível e ter a eventual candidatura impedida pela Justiça, por conta da Lei da Ficha Limpa.

Isso porque o ex-parlamentar já foi condenado, em 2016, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que confirmou a condenação devido à Operação Lava Jato.  

"A Lei da Ficha Limpa impede a participação de candidatura daquele que foi condenado por órgão colegiado em processo criminal, como no caso de Argolo. A sentença, confirmada pela 8ª Turma do TRF4, o enquadrou na prática de corrupção e lavagem de dinheiro. Cumpre salientar que o prazo de 8 anos de inelegibilidade apenas começará a contar após o cumprimento integral da pena aplicada por consequência do processo criminal, que, em se tratando do ex-deputado, foi de 12 anos e 8 meses", afirmou o advogado.

Preso desde 2015, Argôlo foi liberado na quarta-feira (17), depois que a Justiça autorizou que ele parcelasse o débito de R$ 1,9 milhão. A quantia representa a soma do que ele teria desviado dos cofres da Petrobras, além de multa estabelecida em R$ 629 mil.

De acordo com o Correio, o ex-deputado ainda foi beneficiado com a remição de 505 dias do cumprimento da pena, por conta de atividades feitas dentro da penitenciária em que estava. O fim da pena está estimado para 2026.

Sendo assim, ele teria aguardar para 2034 para tentar pleitear um cargo eletivo.

TV METRO

Entrevistas

Ana Cristina Batalha

Em 11 de junho de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Solto pela Justiça, Luiz Argôlo deve ser barrado se tentar eleição - Metro 1