Política

Filho de Bolsonaro viaja a Budapeste e diz que vai 'lutar contra o socialismo'

Em entrevista ao portal Euronews, o parlamentar comentou a relação com o primeiro-ministro populista húngaro, Viktor Orbán, e criticou o multimilionário George Soros

[Filho de Bolsonaro viaja a Budapeste e diz que vai 'lutar contra o socialismo']
Foto : Pablo Valadares/Agência Câmara

Por Matheus Simoni no dia 23 de Abril de 2019 ⋅ 10:40

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara de Deputados e filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), viajou para Budapeste, na Hungria, em uma missão 'contra o socialismo' e 'contra as políticas da globalização'. Em entrevista ao portal Euronews, o parlamentar comentou a relação com o primeiro-ministro populista húngaro, Viktor Orbán, e criticou o multimilionário George Soros, numa postura que coloca o Brasil em rota de colisão com Bruxelas.

"É que na verdade, hoje em dia, vivemos os tempos da guerra da informação. Não mais a guerra que vivemos noutros tempos, como o Vietnam ou na Coreia. Então, nesse sentido, pessoas como o George Soros, eles colocam o seu dinheiro em países, visando combater a cultura tradicional daquele país, com, por exemplo, pautas a favor do aborto, financiando a imprensa e colocando o dinheiro onde mais entenda pertinente, mesmo em campanhas de políticos", afirmou o deputado.

Eduardo Bolsonaro justificou a viagem como uma das diretrizes para mudar a política externa do país em relação aos parceiros internacionais. "Depois de décadas de Governos socialistas, temos agora um presidente que busca preservar a cultura e a tradição brasileiras, bem como mudar, na política internacional, a maneira como o Brasil faz negócios. Por exemplo, o Brasil financiou diversas obras em Cuba, na Venezuela, em alguns países africanos, na Nicarágua, mesmo sabendo que jamais receberia de volta o pagamento desses empréstimos", acrescentou o deputado.

Notícias relacionadas

[Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA]
Política

Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA

Por Juliana Almirante no dia 23 de Outubro de 2019 ⋅ 07:40 em Política

No entanto, o terceiro filho do presidente negou que a conquista da liderança do PSL na Câmara Federal tenha sido o fator determinante para a decisão