Política

Carlos Bolsonaro é 'radical' e Eduardo está 'deslumbrado', diz Rodrigo Maia

Em entrevista ao BuzzFeed News, presidente da Câmara também afirmou que a briga de Carlos com o vice-presidente é "idiota", mas pode causar insegurança no cenário internacional

[Carlos Bolsonaro é 'radical' e Eduardo está 'deslumbrado', diz Rodrigo Maia]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 27 de Abril de 2019 ⋅ 10:00

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez críticas aos filhos do presidente Jair Bolsonaro, o vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSC) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em entrevista ao BuzzFeed News, publicada ontem (26). Na conversa, Maia afirma que o fato de que Bolsonaro emancipou Carlos aos 17 anos, para que ele derrotasse a própria mãe na disputa por uma cadeira na Câmara do Rio, "deve ter gerado muito problema na cabeça" do edil, considerado por ele como um "radical". Ele ainda diz que Eduardo era um deputado do "baixíssimo clero" que está em um momento de deslumbramento após ganhar poder com a eleição do pai. Ao presidente, no entanto, ele poupou críticas.

Segundo Maia, no Congresso, há a convicção de que embora Carlos faça publicações nas redes sociais do pai, é Bolsonaro quem comanda o conteúdo que será postado. No entanto, questionado sobre a nota da revista Época, segundo a qual o vereador impediu o chefe do Executivo nacional de acessar o próprio perfil no Twitter, o presidente da Câmara disse não duvidar da veracidade. "Eu acho que pode ser verdade, você não acha? Não me parece verdade, mas eu não acho impossível ser. Eu até acho que não é, acho que o filho não vai a tanto, pois aí seria uma relação… Aí precisaria internar…", disse.

Maia avalia que a briga de Carlos com o vice-presidente Hamilton Mourão é "idiota", mas pode causar insegurança no cenário internacional. "Quem vai investir no país e vê o filho do presidente batendo no vice questiona isso. Acho que pode gerar insegurança em alguns atores que estão mais distantes. Para quem está aqui perto, todo mundo sabe que é uma briga idiota", analisou.

Já sobre Eduardo Bolsonaro, que se tornou presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e tem sido criticado por parlamentares pela postura arrogante, Maia disse que ele passa por um momento de deslumbramento. "Ele não era nada, era um deputado do baixíssimo clero, o pai vira presidente, ele passa a ser chamado pela equipe do Trump, pela equipe de não sei o quê… Um pouquinho de vaidade é um direito, não é? Não vamos exagerar também, achar que ele não pode ter um momento de deslumbramento. Quem é que nunca teve? Quando eu ganhei minha primeira eleição para presidente da Câmara eu também tive. Todo mundo tem, mas com o tempo você vai vendo que isso ai tudo é passageiro", disse.

Notícias relacionadas

[PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido]
Política

PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 18:44 em Política

Sigla destaca que é a única com 98% de votações favoráveis ao governo federal e que não compactua com eventuais desgastes

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL