Política

Chance de concorrer ao governo é de '0%, por enquanto', diz Wagner

Em entrevista ao Jornal da Bahia No Ar, da Rádio Metrópole, hoje (29), o petista afirmou que não há chance de concorrer à Prefeitura de Salvador em 2020

[Chance de concorrer ao governo é de '0%, por enquanto', diz Wagner]
Foto : Divulgação/João Ramos

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 29 de Abril de 2019 ⋅ 09:01

Governador da Bahia entre 2007 a 2014, o senador Jaques Wagner (PT) comentou um possível retorno ao cargo em 2022, na eleição que definirá o sucessor do atual gestor, o correligionário Rui Costa (PT). Em entrevista ao Jornal da Bahia No Ar, da Rádio Metrópole, hoje (29), o petista afirmou que não há chance de concorrer à Prefeitura de Salvador em 2020. No entanto, "por enquanto" ele não pensa em voltar a governar a Bahia.

"Não tem sentido. Eu estou defendendo, já que estou com 68, mas estamos inteiros, intelectualmente, que para a prefeitura temos que buscar a renovação. Vai chegar e vai ficando só os mesmos? Eu acho zero a minha chance de disputar", disse Wagner sobre a prefeitura. 

"O caso de governador eu disse '0% por enquanto' pois acho que temos que fazer a renovação. Se não conseguirmos o entendimento, não é minha vontade, quero terminar meu mandato. É só por caso o grupo rachar. Acho que Rui está muito bem. Não sei qual caminho que ele quer escolher. Se vai pra senador, se vai pro final. Muita gente já fala de Presidência da República, apesar de eu achar que o nome natural é Haddad", acrescentou.

Notícias relacionadas