Política

Clube Militar ataca Olavo e defende oficiais no governo

Nota divulgada pela entidade afirma que militares são confundidos "com uma facção ou partido que persegue interesses próprios"

[Clube Militar ataca Olavo e defende oficiais no governo]
Foto : Reprodução / YouTube

Por Juliana Rodrigues no dia 06 de Maio de 2019 ⋅ 11:53

O Clube Militar divulgou uma nota de desagravo aos militares que compõem o governo de Jair Bolsonaro, na qual, sem citar nomes, critica o escritor Olavo de Carvalho. De acordo com o texto, assinado pelo Coronel Sérgio Paulo Muniz Costa, os militares estão sendo "atingidos pela incontinência verbal que, impune, prospera inexplicavelmente em distintas esferas de poder".

A entidade, que foi comandada pelo vice-presidente, general Hamilton Mourão, até a data de sua posse, indica preocupação com o "acirramento de ânimos" devido a medidas que "conspiram contra o entendimento pelo qual anseia a sociedade brasileira".

"Em boa parte, isso está acontecendo porque, mais uma vez, os militares brasileiros são confundidos, por desinformação ou má fé, com uma facção ou partido que persegue interesses próprios, dentro e fora do governo, o que permite opor a sua 'ala militar' a qualquer idiossincrasia disfuncional que, com efeito, investe não contra os militares, mas sim contra a soberania, a paz social, a segurança e a democracia do Brasil", diz a nota.

Notícias relacionadas