Política

Mesmo com recriação de ministérios, Centrão resiste a MP da reforma

Resistência dos parlamentares arrisca os planos do presidente Jair Bolsonaro para a estrutura do governo

[Mesmo com recriação de ministérios, Centrão resiste a MP da reforma]
Foto : EBC

Por Juliana Almirante no dia 08 de Maio de 2019 ⋅ 07:40

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) cedeu e entrou em acordo para desmembrar um ministério em outras duas pastas com indicações políticas, na tentativa de aprovar a medida provisória da reforma administrativa no Congresso Nacional.

De acordo com reportagem da Folha, ainda assim, o governo enfrenta resistência de partidos do chamado Centrão, que arriscam os planos do presidente para a estrutura do governo.

Um dos principais pontos de polêmica da MP é a manutenção do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) na pasta da Justiça, o que atende a desejo do ministro Sergio Moro. 

Parte do Centrão não quer a atender ao pleito de Moro para que o Coaf continue no ministério. Um dos entraves é a interpretação, por alguns parlamentares, de que manter o conselho financeiro sob o comando de Moro poderia provocar uma "superconcentração" de poderes com o ex-juiz. 

A medida provisória deve ser aprovada até o dia 3 de junho. Se a matéria caducar, a estrutura do governo implantada desde janeiro deve ser desfeita.

A sessão na comissão que analisa a MP foi suspensa ontem (7) e deve ser retomada hoje (8).

 

Notícias relacionadas

[Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA]
Política

Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA

Por Juliana Almirante no dia 23 de Outubro de 2019 ⋅ 07:40 em Política

No entanto, o terceiro filho do presidente negou que a conquista da liderança do PSL na Câmara Federal tenha sido o fator determinante para a decisão