Política

Em carta, governadores do Nordeste cobram respostas da União

Governador da Bahia em exercício, João Leão (PP) esteve presente no encontro

[Em carta, governadores do Nordeste cobram respostas da União]
Foto : Carolina Antunes/PR

Por Matheus Simoni no dia 09 de Maio de 2019 ⋅ 18:40

Nove governadores nordestinos entregaram uma carta após uma reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, hoje (9), onde cobram ações federais na área de educação e da retomada de obras. O governador da Bahia em exercício, João Leão (PP), esteve presente no encontro. Um dos pontos do documento é a manutenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que hoje, nas palavras dos governadores, se acabar, trava a educação em todo país. Conforme as regras em vigor, o fundo tem previsão de ser encerrado neste ano. 

Além da manutenção e expansão do Fundeb, os gestores do Nordeste querem que a União equacione a dívida com os Estados provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério (Fundef) e cobram a revisão do corte no orçamento das universidades e institutos federais. Na carta, os gestores pedem ainda a retomada de obras rodoviárias, obras hídricas e habitacionais. Pelo texto, a ação impulsionará "o crescimento econômico e a geração de empregos".

Uma das pautas da reunião foi o Plano Mansueto, medida que o governo federal promete lançar nos próximos dias. Com esse plano de recuperação fiscal, a expectativa é que os estados sejam liberados para tomar financiamento nacional e internacional, o que, no caso da Bahia, com histórica comprovação de ente bom pagador, potencializará novas obras estaduais. 

Notícias relacionadas