Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Falhas do sistema retardavam condenação, diz Moro

O ministro defendeu o projeto anticrime

[Falhas do sistema retardavam condenação, diz Moro]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 13 de Maio de 2019 ⋅ 19:30

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, disse hoje (13) que as falhas do sistema processual penal tonavam possível que réus influentes contratassem advogados que, "com alguma influência perante as cortes de Justiça", conseguiam retardar a condenação de seus clientes.

"Geralmente, quem tinha condições de manipular o sistema eram pessoas com amplos recursos financeiros para contratar excelentes advogados com alguma influência perante as cortes de Justiça", disse o ministro.

Defendendo o pacote anticrime, que declarou que espera ver aprovado em ao menos uma das Casas neste semestre, Moro disse que "não adianta nada mexer na legislação penal; não adianta nada melhorar as leis; aumentar o número de policiais, se o processo não tem capacidade de chegar a efetiva responsabilização".

Notícias relacionadas