Política

Contador envolve irmão de ministro do Turismo em esquema de laranjas

Ricardo Teixeira, o irmão de Marcelo Álvaro Antônio, não aparece como dirigente da legenda ou como colaborador de campanha

[Contador envolve irmão de ministro do Turismo em esquema de laranjas]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Maio de 2019 ⋅ 10:00

Um contador da campanha do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, afirmou que, a pedido de um irmão do ministro, cuidou da prestação de contas das quatro candidatas do PSL de Minas Gerais apontadas como laranjas. Ricardo Teixeira, o irmão de Álvaro Antônio, não aparece como dirigente da legenda ou como colaborador de campanha. As informações são da Folha de S. Paulo.

Danilo Jomaso afirmou, em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público, que jamais conheceu as candidatas e que recebeu todas as notas das mãos de um dirigente do PSL. Ele declara não ter como saber se os trabalhos foram realizados, mas do ponto de vista formal, não havia irregularidade nas contas.

No início do mês, a PF afirmou que já tem provas de que as candidatas mentiram sobre os gastos e que as empresas supostamente contratadas, como gráficas e consultorias, nunca realizaram os serviços declarados ou os fizeram para outros candidatos. As quatro mulheres negam que suas candidaturas tenham sido de fachada.

Notícias relacionadas