Política

Bolsonaro diz que 'não teve nenhum acordo, nada', sobre indicação de Moro ao STF

Em entrevista à GloboNews, Moro disse não ter colocado a indicação como condição para fazer parte do governo

[Bolsonaro diz que 'não teve nenhum acordo, nada', sobre indicação de Moro ao STF]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Maio de 2019 ⋅ 08:20

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, ontem (16), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que não há um acordo com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para que ele aceitasse o cargo no governo em troca de uma futura indicação para uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

No último final de semana, Bolsonaro afirmou que pretende honrar um "compromisso" firmado com Moro e indicá-lo pra o tribunal quando surgir a primeira vaga. O ministro Celso de Mello, decano da Corte, se aposentará no fim do ano que vem, ao completar 75 anos.

"Questão do Moro no Supremo Tribunal Federal: quero deixar bem claro. Quem me acompanhou ao longo de quatro anos pelos Brasil, eu sempre falava o quê? 'Precisamos de alguém no Supremo com o perfil do Sérgio Moro'. Isso que foi falado. E agora, por exemplo, perguntaram para mim: 'Se tivesse que indicar hoje alguém para o Supremo?' Eu indicaria o Moro. Não teve nenhum acordo, nada", disse Bolsonaro. 

Em entrevista à GloboNews, na quarta (15), Moro disse acreditar que Bolsonaro sentiu ter um compromisso de indicá-lo para a Corte, mas não colocou a indicação como condição para fazer parte do governo.

Notícias relacionadas