Política

Secretário diz que não há texto alternativo à reforma da Previdência

Segundo Rogério Marinho, eventuais alterações na proposta serão feitas com base no texto do governo

[Secretário diz que não há texto alternativo à reforma da Previdência]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Maio de 2019 ⋅ 13:40

O secretário especial da Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou hoje (20) que não será apresentado por parlamentares um texto alternativo à proposta da reforma da Previdência.

Ao G1, ele disse que eventuais modificações no projeto serão feitas em cima do texto do Executivo. Para o secretário, as informações sobre a possibilidade de apresentação de um texto alternativo seriam um "ruído de comunicação".

"Não há dificuldade, o que houve foi um ruído de comunicação. O próprio presidente [da comissão especial da reforma da Previdência], Marcelo Ramos, deu uma segunda declaração nesse sentido, para toda a imprensa, dizendo que as alterações que poderão ocorrer serão em cima do projeto apresentado pelo governo, como sempre foi no parlamento", declarou.

O secretário afirmou, ainda, que o Parlamento poderá modificar o texto, mas a base é a proposta do governo.

Notícias relacionadas