Política

Após protesto, Câmara de Petrolina adia título de cidadão a Bolsonaro

Ele ganharia o título um dia antes de sua visita à cidade, marcada para hoje (24), a primeira do presidente ao Nordeste depois da sua posse

[Após protesto, Câmara de Petrolina adia título de cidadão a Bolsonaro ]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Juliana Almirante no dia 24 de Maio de 2019 ⋅ 09:40

A Câmara de Vereadores da cidade de Petrolina (PE) adiou ontem (23) a análise de um projeto que concederia o título de cidadão petrolinense ao presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Ele ganharia o título um dia antes de sua visita à cidade, marcada para hoje (24), a primeira do presidente ao Nordeste depois da sua posse.

De acordo com o portal UOL, O projeto de decreto legislativo é de autoria do vereador Elias Jardim (PHS). A matéria seria votada ontem, mas, depois de protestos de moradores contra o presidente, foi retirado da pauta da Casa.

O texto havia sido apresentado pelo vereador na semana passada, após a confirmação de que Bolsonaro iria a Petrolina.

Na manhã de hoje, em Recife (PE), Bolsonaro participa de reunião do conselho deliberativo da Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste) com governadores da região. São esperados todos os governadores do Nordeste, incluindo o da Bahia, Rui Costa, além dos gestores de Minas Gerais e Espírito Santo.

À tarde, em Petrolina, Bolsonaro entrega um conjunto habitacional do programa Minha Casa, Minha Vida. O atual prefeito do município, Miguel Coelho (PSB), é filho do líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB). 

Notícias relacionadas