Política

Bolsonaro é burro e governa como se estivesse em um churrasco, diz Pondé

Em entrevista à revista Exame, o filósofo ainda classificou Ciro Gomes como o "nome mais interessante" da esquerda

[Bolsonaro é burro e governa como se estivesse em um churrasco, diz Pondé]
Foto : Renato Lopes / CPFL

Por Juliana Rodrigues no dia 24 de Maio de 2019 ⋅ 09:20

Defensor de bandeiras liberais de direita, o filósofo, escritor e comentarista da Rádio Metrópole, Luiz Felipe Pondé, se mostrou insatisfeito com o governo de Jair Bolsonaro.

Em entrevista publicada ontem (23) na revista Exame, Pondé afirmou que o "guru" Olavo de Carvalho é um elemento desestabilizador do governo e que a ala "ideológica" do governo "não tem entendimento da realidade".

"O presidente governa o país como se estivesse na varanda fazendo churrasco e gritando com os filhos. Por isso, é muito difícil manter a convergência a médio e longo prazo", disse.

Questionado sobre os motivos pelos quais Bolsonaro não consegue criar uma sintonia entre os liberais e os conservadores dentro do governo, Pondé afirmou que o chefe do Executivo nacional é "burro". "Ele é burro, segue um intelectual paranoico e se deixa influenciar pelos filhos que não entendem nada de sociedade e de convívio democrático. (...) Neste momento, no entanto, a impressão que temos é que ele está destruindo o governo. Parece que ele não percebe que há uma relação entre estabilidade política e econômica. Ninguém vai comprar uma televisão em 15 vezes se o país estiver em uma guerra civil", analisou, sem deixar de admitir a possibilidade de estar enganado.

Ainda segundo Pondé, atualmente "a esquerda não existe", já que nomes como Ciro Gomes e Guilherme Boulos não alcançam projeção. "Ela não existe porque Ciro Gomes, que seria o nome mais interessante, é boicotado pelo PT, que ainda luta para tirar Lula da cadeia. É um surto psicótico. O PSOL, que reúne alguns nomes mais próximos da intelectualidade, como o Guilherme Boulos, que é um sujeito preparado e capaz, marca traço de audiência", afirmou.

Notícias relacionadas