Política

Santos Cruz lamenta 'fumaceira' no início do governo de Bolsonaro

Santos Cruz também fez uma avaliação sobre a queda no apoio ao governo, evidenciada em pesquisas

[Santos Cruz lamenta 'fumaceira' no início do governo de Bolsonaro]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Matheus Simoni no dia 28 de Maio de 2019 ⋅ 13:40

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, lamentou as polêmicas envolvendo o governo de Jair Bolsonaro (PSL) durante os primeiros meses de governo. Em entrevista ao jornal O Globo, ele declarou que as benfeitorias e as iniciativas positivas da gestão federal não ganham destaque por conta das turbulências do governo.

"Tem muita coisa boa acontecendo e muitas vezes elas não aparecem por essa fumaceira toda, por pequenas coisas, discussões, até brigas pessoais que têm um grande reflexo. Essas discordâncias que existem num ambiente de democracia e liberdade de expressão. Sem dúvida o balanço é positivo. Um novo governo chegou, com agenda e expectativa boa. O Bolsonaro teve o grande mérito de mobilizar a população brasileira. O Brasil estava traumatizado com tanta corrupção", declarou o ministro. 

Santos Cruz também fez uma avaliação sobre a queda no apoio ao governo, evidenciada em pesquisas. O ministro classificou o fato às medidas adotadas pelo governo, como os cortes na Educação. Para ele, as manifestações que ocorreram em resposta ao contingenciamento não foi justa.

"Você tem uma parte de despesas obrigatórias e outras são as chamadas discricionárias. Foi só nessa parte discricionária. As manifestações partiram de uma interpretação, às vezes o próprio anúncio... não podemos responsabilizar o pessoal", disse, avaliando um possível erro na comunicação do governo.

"A maneira às vezes como é transmitida dá espaço a interpretações. Também existem interesses políticos, que também são normais. Tudo isso acaba dando uma ideia errada sobre o contingenciamento. Mas temos de respeitar", afirmou.

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar