Política

Professores coagem alunos a participarem de atos, diz ministro

Acusação foi feita por Weintraub em um vídeo divulgado nas redes sociais

[Professores coagem alunos a participarem de atos, diz ministro]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 30 de Maio de 2019 ⋅ 10:40

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, acusou professores de estarem coagindo estudantes a participarem dos protestos de hoje (30) contra os cortes no orçamento do setor. A declaração foi dada em um vídeo divulgado ontem (29) pelo titular da pasta, nas redes sociais.

"Estamos recebendo aqui no MEC (Ministério da Educação) cartas e mensagens de muitos pais de alunos citando explicitamente que alguns professores, funcionários públicos, estão coagindo os alunos e que serão punidos de alguma forma caso eles não participem das manifestações".

Weintraub ainda disse que a pasta está "fazendo um esforço muito grande para que o ambiente escolar não seja prejudicado por uma guerra ideológica que prejudica o aprendizado dos alunos" e pediu que os estudantes enviassem ao MEC supostas denúncias de coação.

Notícias relacionadas