Política

Bolsonaro diz sofrer sabotagens: 'Já chorei pra caramba'

"Essa cadeira aqui é como se fosse criptonita para o Super-Homem", reclamou, em entrevista à Veja

[Bolsonaro diz sofrer sabotagens: 'Já chorei pra caramba']
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 31 de Maio de 2019 ⋅ 09:06

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) declarou que sofre "sabotagens" no governo, com ministérios aparelhados e políticos inexperientes, em entrevista à revista Veja, publicada hoje (31)

Ele ainda criticou a influência da esquerda sobre o Ministério da Educação e até o da Defesa.

"É uma luta de poder. Há sabotagens às vezes de onde você nem imagina. No Ministério da Defesa, por exemplo, colocamos militares nos postos de comando. Antes, o ministério estava aparelhado por civis. Havia lá uma mulher em cargo de comando que era esposa do 02 do MST. Tinha ex-deputada do PT, gente de esquerda... Pode isso? Mas o aparelhamento mais forte mesmo é no Ministério da Educação", afirmou o presidente.

O presidente acredita ainda que falta "patriotismo para algumas pessoas que decidem o futuro do Brasil".

Ele disse ainda sofrer pressão "muito grande" no cargo, sob as acusações de não ter governabilidade. "Mas o que é governabilidade?", perguntou.

"Já passei noites sem dormir, já chorei pra caramba também. Angústia, né? Tá faltando o mínimo de patriotismo para algumas pessoas que decidem o futuro do Brasil. Imaginava que ia ser difícil, mas não tão difícil assim. Essa cadeira aqui é como se fosse criptonita para o Super-Homem. Mas é uma missão", afirmou. 

Notícias relacionadas