Política

Governo afirma ter quórum para votar MP Antifraude no INSS nesta segunda

O risco de a matéria caducar é real, uma vez que a votação ocorrerá em um dia em que vários parlamentares não costumam voltar a Brasília

[Governo afirma ter quórum para votar MP Antifraude no INSS nesta segunda]
Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

Por Daniel Brito no dia 02 de Junho de 2019 ⋅ 18:20

O governo informou que tem quórum suficiente para aprovar no Senado a Medida Provisória 871, conhecida como MP Antifraude do INSS, que faz um pente-fino em benefícios previdenciários e assistenciais.

De acordo com o Estadão, o Planalto afirmou que entre 55 e 65 parlamentares estarão na Casa. Para a votação ocorrer, é necessária a presença de, no mínimo, 41 dos 81 senadores no plenário. O texto precisa ser votado até amanhã (3). Do contrário, caducará e deixará de valer. 

Segundo a publicação, o risco de a matéria caducar é real, especialmente por falta de quórum, uma vez que a votação ocorrerá em um dia em que vários parlamentares não costumam estar de volta a Brasília. O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), e o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmaram que o governo está fazendo um esforço para garantir o quórum necessário à votação da medida.

 

Notícias relacionadas