Política

Após 'pacto', Planalto volta a apostar na aprovação da Previdência no primeiro semestre

No entanto, deputados afirmaram ao blog de Andréia Sadi, no G1, que a reforma da Previdência só será aprovada após a votação da PEC do orçamento impositivo

[Após 'pacto', Planalto volta a apostar na aprovação da Previdência no primeiro semestre]
Foto : Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Por Juliana Rodrigues no dia 03 de Junho de 2019 ⋅ 09:00

Após o encontro entre os chefes dos três poderes no qual foi discutida a criação de um "pacto pelo Brasil", o Palácio do Planalto voltou a apostar que a reforma da Previdência poderá ser aprovada pela Câmara dos Deputados ainda no primeiro semestre deste ano.

Um ministro do governo afirmou ao blog de Andréia Sadi, no G1, que houve uma "mudança de ambiente" para a votação ocorrer até o recesso parlamentar, em julho. No entanto, segundo deputados, a reforma da Previdência só será aprovada após a Câmara concluir a votação da proposta de emenda à Constituição que discute o orçamento impositivo.

A PEC, que já havia sido aprovada pelos deputados, foi modificada no Senado, o que fez com que ela voltasse para nova análise na Câmara. A proposta obriga o governo federal a pagar as emendas parlamentares de bancada previstas no Orçamento.

Notícias relacionadas

[ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL]
Política

ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Outubro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM avaliou que falta maturidade política aos membros da sigla de Jair Bolsonaro