Política

Bolsonaro diz esperar lista tríplice para decidir sucessão de Dodge na PGR

Declaração vai na contramão das sinalizações recentes de que ele não pretendia seguir a relação

[Bolsonaro diz esperar lista tríplice para decidir sucessão de Dodge na PGR]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Junho de 2019 ⋅ 12:00

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) indicou, na noite de ontem (8), que vai esperar a eleição da lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) para indicar o próximo chefe do Ministério Público Federal (MPF). A declaração vai na contramão das sinalizações recentes de que ele não pretendia seguir a relação.

“Estou aguardando a lista tríplice”, afirmou o presidente à Folha de S. Paulo, ao deixar o Palácio da Alvorada rumo à Granja do Torto.

Ao ser questionado se a atual procuradora-geral da República, Raquel Dodge, seria um bom nome, Bolsonaro se limitou a falar que “todos são bons nomes”. O mandato de Dodge na Procuradoria-Geral da República (PGR) termina em setembro.

A lista tríplice foi criada em 2001 e é defendida pelos procuradores como um dos principais instrumentos de autonomia da carreira. Segundo a Constituição, o presidente da República pode escolher qualquer um dos procuradores em atividade para o comando da PGR.

De 2003 a 2015, o nomeado foi o mais votado pelos membros da ANPR. Ao optar por Raquel Dodge, que ficou em segundo lugar em 2017, Temer quebrou a tradição iniciada por Luiz Inácio Lula da Silva de respeitar a ordem da lista e indicar o primeiro colocado.

Notícias relacionadas

[ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL]
Política

ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Outubro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM avaliou que falta maturidade política aos membros da sigla de Jair Bolsonaro