Política

Corregedor instaura processo contra Dallagnol por interferência na eleição do Senado

O voto do corregedor é duríssimo e emerge em meio às revelações do site The Intercept Brasil

[Corregedor instaura processo contra Dallagnol por interferência na eleição do Senado]
Foto : Arquivo / Agência Brasil

Por Metro1 no dia 10 de Junho de 2019 ⋅ 17:49

O corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, instaurou processo administrativo disciplinar contra Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato de Curitiba. As informações são da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. Ele entendeu que o procurador atuou política e partidariamente, no início deste ano, ao fazer campanha contra a eleição de Renan Calheiros (MDB-AL) e pelo voto aberto na disputa pela presidência do Senado.

A decisão de Rochadel será submetida ao plenário do Conselho Nacional do Ministério Público. O voto do corregedor é duríssimo e emerge em meio às revelações do site The Intercept Brasil sobre bastidores da Lava Jato.

Rochadel afirma que Deltan “buscou, fora de suas atribuições legais, interferir na eleição para a presidência do Senado Federal”. A atuação do procurador foi questionada por Renan Calheiros. Dallagnol fez uma série de postagens em seu Twitter durante a disputa e essas manifestações foram analisadas por Rochadel.

“As publicações tratadas, portanto, revelam-se indevidas no âmbito disciplinar, já que violam a dignidade do cargo e o decoro que deve guardar o membro em atenção ao prestígio do Ministério Público e da Justiça”, escreveu o corregedor do CNMP.
 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro nomeia novo chefe da EBC]
Política

Bolsonaro nomeia novo chefe da EBC

Por Lara Curcino no dia 30 de Setembro de 2020 ⋅ 12:40 em Política

Ex-diretor da SBT, publicitário Glen Lopes assume o posto ocupado por general Luiz Carlos Pereira Gomes