Política

Questionário para admissão em órgão federal pede opinião sobre projetos de Bolsonaro

Funcionários terceirizados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Brasília, se revoltaram com a aplicação da prova

[Questionário para admissão em órgão federal pede opinião sobre projetos de Bolsonaro]
Foto : Reprodução

Por Juliana Almirante no dia 14 de Junho de 2019 ⋅ 10:00

Funcionários terceirizados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Brasília, se revoltaram com a aplicação de um questionário e decidiram boicotar a prova.

Segundo eles, o motivo seria o cunho ideológico entre as 20 questões enviadas para 50 profissionais que atuavam em apoio à Coordenação de Operações Rodoviárias e à Procuradoria Federal especializada junto ao DNIT.

De acordo com o questionário para admissão obtido pela Folha, o funcionário teria que avaliar a "intenção do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em retirar os equipamentos de fiscalização eletrônica de trânsito das rodovias”.

Em outra pergunta, teria que responder sobre a conjuntura política da América do Sul. ‘Dê a sua opinião sobre as questões políticas e econômica dos países da América do Sul?‘, diz a 16ª questão.

A última questão ainda pede a opinião dos funcionários sobre a reforma da previdência, que é a principal bandeira do governo Bolsonaro.

Notícias relacionadas