Política

MP-BA institui comissão para acompanhar ações violentas de torcidas

Grupo no Ministério Público pretende combater a impunidade nestes casos

[MP-BA institui comissão para acompanhar ações violentas de torcidas]
Foto : Lucas Melo/AGBA Press

Por Juliana Almirante no dia 18 de Junho de 2019 ⋅ 12:00

A procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado instituiu a Comissão de Prevenção e Enfretamento à Violência no Futebol no âmbito do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). 

O grupo foi criado na última sexta-feira (14) e divulgado pela assessoria do MP-BA ontem (17).

A comissão foi criada com o intuito de reforçar o controle sobre ações violentas de membros de torcidas e combater a impunidade nestes casos. 

A implantação do grupo foi inspirada no Protocolo de Intenções firmado entre o Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG) e a Confederação Brasileira de Futebol, que busca melhorar as medidas existentes para enfrentar a violência relacionada a partidas de futebol. 

Farão parte da comissão do MP o procurador de Justiça Geder Luiz Rocha (presidente), os promotores de Justiça Olímpio Campinho, Carlos Leão, Luis Cláudio Nogueira e Cássio Marcelo de Melo e a analista técnico-jurídica Carolina Aragão. 

Notícias relacionadas