Política

Maia negocia acordo para votar Previdência antes do recesso parlamentar

Ao Estadão, interlocutores de Maia informaram que a negociação ainda não está fechada, mas a expectativa é que a votação ocorra até 18 de julho

[Maia negocia acordo para votar Previdência antes do recesso parlamentar]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Junho de 2019 ⋅ 13:00

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), costura junto a integrantes do governo um acordo para que a votação da reforma da Previdência aconteça antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho. As informações foram confirmadas ao Estadão por fontes da Câmara dos Deputados e da área econômica do governo.

De acordo com interlocutores de Maia, a negociação ainda não está fechada, mas a expectativa é que a votação ocorra dentro desse prazo. A equipe econômica, por outro lado, tem reforçado a necessidade de fazer a votação para incentivar as outras medidas tidas como importantes para a retomada do crescimento econômico, a exemplo do fim de dois monopólios estatais de refino e gás natural.

O governo busca votar o texto antes do recesso para que haja, também, uma sinalização ao Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que se reúne nos dias 30 e 31 de julho. O Copom aguarda o avanço da reforma para decidir sobre a redução da taxa de juros.

Notícias relacionadas