Política

MPF denuncia Marconi Perillo por lavagem de dinheiro e corrupção

O ex-governador de Goiás já havia sido preso na mesma operação

[MPF denuncia Marconi Perillo por lavagem de dinheiro e corrupção]
Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 21 de Junho de 2019 ⋅ 14:40

O ex-governador de Goiás, Marconi Perillo, foi denunciado pelo Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Isso é resultado da operação Cash Delivery, que já prendeu o político.

No documento, o MPF-GO pede que sejam devolvidos R$ 17,8 milhões aos cofres públicos. O advogado de Perillo, Antônio Carlos de Almeida, disse estar indignado com a denúncia e que seu cliente está sendo perseguido. Segundo ele, o "ex-governador não teme o enfrentamento dos fatos e tem absoluta confiança na sua total inocência".

Mais quatro pessoas foram denunciadas no documento divulgado hoje (21). São eles Jayme Eduardo Rincón, Márcio Garcia Moura, Pablo Rogério de Oliveira e Carlos Alberto Pacheco Júnior. Todos eles respondem ao processo em liberdade.

Notícias relacionadas