Política

'Se anular não quer dizer que ele é inocente', diz Ciro sobre condenação de Lula

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o pedetista afirmou que o STF deverá "empurrar com a barriga" o julgamento de um novo habeas corpus para o ex-presidente

['Se anular não quer dizer que ele é inocente', diz Ciro sobre condenação de Lula]
Foto : Reprodução / YouTube

Por Juliana Rodrigues no dia 25 de Junho de 2019 ⋅ 11:49

O ex-ministro e candidato derrotado à Presidência nas eleições de 2018, Ciro Gomes (PDT), afirmou que embora haja a possibilidade de que as supostas conversas entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, levem à anulação da condenação do ex-presidente Lula, esse desfecho não significa que ele seja inocente. A declaração foi dada em entrevista ao programa Morning Show da rádio Jovem Pan, hoje (25).

“Quer dizer que o processo todo é rasgado, menos a denúncia. Porque se anular não quer dizer que ele é inocente”, afirmou.

Sobre o adiamento do julgamento de um habeas corpus da defesa de Lula pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), Ciro disse acreditar que a Corte vai "empurrar isso aí com a barriga esperando ver a qualidade das novas informações que vem por aí". “Aí vai esperar a condenação do Lula no outro processo”, avaliou.

Notícias relacionadas