Política

Bolsonaro diz que faltam 'alguns ajustes', mas saque do FGTS 'deve ser' anunciado hoje

Presidente declarou que não deseja se antecipar à equipe econômica do governo

[Bolsonaro diz que faltam 'alguns ajustes', mas saque do FGTS 'deve ser' anunciado hoje]
Foto : Alan Santos/PR

Por Juliana Rodrigues no dia 18 de Julho de 2019 ⋅ 12:00

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (18) que ainda não foi "batido o martelo" sobre como vai funcionar a liberação do saque de contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep, mas que o anúncio oficial deve ser feito ainda nesta tarde.

O chefe do Executivo nacional falou rapidamente com jornalistas na porta da residência oficial, em Brasília, e declarou que não deseja se antecipar à equipe econômica do governo.

"Se deve ser anunciado hoje é porque não foi batido o martelo. Se for batido o martelo, faltam alguns ajustes. Não quero aqui antecipar a equipe econômica", disse.

Bolsonaro já havia dito ontem, em viagem à Argentina, que os detalhes sobre a proposta de liberação de saques seriam definidos durante a semana. Às 16h, a agenda de Bolsonaro prevê uma cerimônia de comemoração dos 200 dias de seu governo.

Notícias relacionadas