Política

Delegado Waldir volta a chamar Bolsonaro de ‘vagabundo’ e diz que governo ‘não existe’

O líder do PSL na Câmara afirmou que o presidente está focado em destituir o comando dele

[Delegado Waldir volta a chamar Bolsonaro de ‘vagabundo’ e diz que governo ‘não existe’]
Foto : Divulgação/Câmara dos Deputados

Por Lara Curcino no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 16:53

O líder do PSL na Câmara, deputado Delegado Waldir (GO), afirmou hoje (18), em entrevista ao Estadão, que o governo está parado, “não existe”, já que está focado na crise do partido do presidente Jair Bolsonaro. 

“A única finalidade do governo hoje é me derrubar da liderança do PSL”, disse o parlamentar, que foi gravado em uma reunião ao chamar Bolsonaro de “vagabundo” dizer que vai “implodir” o presidente com suposto áudio que ameaça divulgar.

Ainda de acordo com Waldir, o presidente está “comprando” deputados com “cargos e fundo partidário” para fazer com que o filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), chegue ao posto de líder da bancada. 

O deputado ainda chegou a reafirmar a ofensa que fez ao presidente no áudio vazado. “Eu não menti. Ele me traiu. Então, é vagabundo”, disse.

Notícias relacionadas