Política

STF condena irmãos Vieira Lima em caso do bunker de R$ 51 mi

Geddel e Lúcio terão de cumprir 14 e 10 anos de prisão, respectivamente

[STF condena irmãos Vieira Lima em caso do bunker de R$ 51 mi]
Foto : Divulgação

Por Lara Curcino no dia 22 de Outubro de 2019 ⋅ 18:34

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, na tarde de hoje (22), condenar o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) e o seu irmão, ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB), pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa. 

O julgamento é referente no caso do “bunker”, apartamento em Salvador encontrado com cerca de R$ 51 milhões ligados à família Vieira Lima. Geddel está preso preventivamente desde setembro de 2017.

O ex-ministro foi condenado a 14 anos e 10 meses de prisão e ao pagamento de multa estimado em R$ 1,6 milhão. Lúcio foi condenado a 10 anos e 6 meses de prisão e a uma multa estimada em R$ 908 mil. Eles ainda terão de pagar R$ 52 milhões por danos morais coletivos. 

Notícias relacionadas