Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Ministro do Meio Ambiente diz que não receberá 'terroristas' do Greenpeace

"Não recebo terrorista", disse, após 19 ativistas da ONG serem detidos em protestos no Planalto

[Ministro do Meio Ambiente diz que não receberá 'terroristas' do Greenpeace]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 24 de Outubro de 2019 ⋅ 12:40

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que o governo brasileiro não irá conversar o Greenpeace, organização ambiental que realizou protesto ontem (23), em frente ao Palácio do Planalto. A manifestação ocorreu por conta da política ambiental brasileira e a forma como o governo tem lidado com o derramamento de óleo que afeta as praias do Nordeste. Em entrevista ao Correio Braziliense, o ministro declarou: "Não recebo terrorista".

Após a ação, 19 ativistas da ONG foram detidos pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

"Tem várias instituições que estão fazendo bons trabalhos e nós temos feito toda a boa relação e apoio, enfim, parceria com eles. Agora, aqueles que querem, a exemplo desse Greenpeace, que foi dizer que não podia ajudar a limpar as praias, quer dizer, tirou totalmente qualquer possibilidade de cooperação e ainda veio sujar o Palácio do Planalto, não tem colaboração possível. Porque eles não querem diálogo. Aliás são bons de levantar dinheiro, mas de trabalhar que é bom...", afirmou Salles. 
 

Notícias relacionadas