Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Greenpeace vai à Justiça contra Salles por insinuar autoria de vazamento de óleo

Salles insinuou que navio do Greenpeace estava na região onde ocorreu vazamento

[Greenpeace vai à Justiça contra Salles por insinuar autoria de vazamento de óleo]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Catarina Lopes no dia 24 de Outubro de 2019 ⋅ 18:42

O Greenpeace irá acionar, na Justiça, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por publicação no Twitter em que ele insinua que o barco da ONG estava na área suspeita de ter ocorrido o vazamento de petróleo cru que contamina as praias do Nordeste.

O coordenador de políticas públicas do Greenpeace, Marcio Astrini, disse ao jornal Estado de S. Paulo que a área jurídica da organização já foi acionada. “Iremos à Justiça contra as falsas declarações feitas pelo ministro. A decisão está tomada. Agora, será analisada por nossa área jurídica”, afirmou.

Mais cedo, Salles postou a foto de um navio do Greenpeace supostamente em área suspeita. “Tem umas coincidências na vida né... Parece que o navio do #greenpixe estava justamente navegando em águas internacionais, em frente ao litoral brasileiro bem na época do derramamento de óleo venezuelano...”, diz a publicação.

Notícias relacionadas