Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

'Bolsonaro me ligou para defender Queiroz', diz Frota em CPI das Fake News

Ligação teria ocorrido após o parlamentar ir à tribuna da Câmara para pedir a prisão do ex-assessor de um dos filhos do presidente da República

['Bolsonaro me ligou para defender Queiroz', diz Frota em CPI das Fake News]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Adelia Felix no dia 30 de Outubro de 2019 ⋅ 17:59

Deputado federal pelo PSDB paulista, Alexandre Frota disse durante reunião da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, nesta quarta-feira (30), que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) saiu em defesa de Fabrício Queiroz, no começo do ano, após o parlamentar ir à tribuna da Câmara para pedir a prisão do ex-assessor de um dos filhos do presidente da República, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). 

Na oportunidade, Frota contou ter recebido um telefonema de Bolsonaro logo em seguida. Na ocasião, o líder do PT, Paulo Pimenta, teria feito uma provocação aos correligionários do presidente. O petista perguntou ao grupo do PLS quem iria à tribuna pedir a prisão de Queiroz.

“Como faixa branca [parlamentar de primeiro mandato], eu subi e pedi a prisão do Queiroz", lembra. Na sequência, o telefone tocou. "Era Jair Bolsonaro reclamando que eu teria, no plenário, pedido a prisão do Queiroz”. Frota também contou que foi abordado por Flávio no Congresso e teria ouvido: “Papai ficou chateado com você”.

Notícias relacionadas