Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Bolsonaro assina nesta terça projeto de lei da privatização da Eletrobras

Previsão é que sejam arrecadados R$ 16,2 bilhões com o processo, que deve ocorrer no próximo ano caso haja o aval dos parlamentares

[Bolsonaro assina nesta terça projeto de lei da privatização da Eletrobras]
Foto : Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 05 de Novembro de 2019 ⋅ 09:20

O presidente Jair Bolsonaro assinará hoje (5) o projeto de lei que autoriza a privatização da Eletrobras e estabelece as regras para a medida. O texto será assinado durante a cerimônia de comemoração dos 300 dias de governo, marcada para o fim da tarde, no Palácio do Planalto. Também hoje, o governo pretende anunciar um pacote de reformas para enxugar a máquina pública.

Caso a proposta seja aprovada pelo Congresso, a previsão é que sejam arrecadados R$ 16,2 bilhões com a privatização da Eletrobras. O processo deve ocorrer no próximo ano, e o dinheiro já está previsto no Orçamento de 2020. Em comunicado ao mercado, a Eletrobras confirmou a assinatura e destacou que o projeto de lei “deverá cumprir todo rito legislativo até a sua promulgação”.

No início de 2018, o ex-presidente Michel Temer chegou a encaminhar ao Legislativo uma proposta de privatização da maior empresa de geração e transmissão de energia elétrica do país. O texto, porém, não avançou, em meio a fortes resistências políticas.

Notícias relacionadas