Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Economista é exonerado da Secretaria de Cultura do governo Bolsonaro

Nomeação de Ricardo Braga havia sido criticada pelo setor cultural por sua falta de experiência no assunto

[Economista é exonerado da Secretaria de Cultura do governo Bolsonaro]
Foto : Divulgação

Por Juliana Almirante no dia 06 de Novembro de 2019 ⋅ 12:20

O economista Ricardo Braga foi exonerado hoje (6) do comando da Secretaria Especial de Cultura, subpasta do Ministério da Cidadania do governo Jair Bolsonaro. Ele estava há apenas dois meses no cargo.

Braga deixou o posto para assumir a Secretaria de Regulação e Supervisão do Ensino Superior, setor do Ministério da Educação (MEC) que é responsável pelo credenciamento e abertura de cursos na rede particular. Ele fica no lugar de Ataide Alves no posto do MEC.

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União.

A nomeação de Braga no início de setembro havia sido criticada pelo setor cultural por sua falta de experiência no assunto. Ele tem formação em economia pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU-SP) e tinha carreira em bancos e corretoras de investimento.

O Ministério da Cidadania ainda não informou quem será o substituto de Braga.

Notícias relacionadas