Política

Brasil quer ser grande exportador na área de defesa, diz ministério

Secretário de produtos do Ministério da Defesa estima que média histórica de exportações pode chegar a US$ 6 bilhões em 2022

[Brasil quer ser grande exportador na área de defesa, diz ministério]
Foto : Halley Pacheco de Oliveira/Wikimedia Commons

Por Catarina Lopes no dia 22 de Novembro de 2019 ⋅ 18:00

O Ministério da Defesa planeja aumentar a exportação de produtos de defesa do Brasil. De acordo com a pasta, a média histórica de exportações, que alcançou US$ 900 milhões nos últimos anos, está próxima de atingir US$ 1,5 bilhões em 2019. A produção brasileira passa de aviões de treinamento a aviões de ataque leve, sistema de controle de tráfego aéreo e sistema de defesa.

Segundo o secretário de produtos de Defesa da pasta, Marcos Degaut Pontes, o valor da média histórica pode chegar a US$ 6 bilhões em 2022, mesmo que a participação do setor no comércio exterior ainda esteja baixa. Degaut afirmou que o Brasil perdeu mercados importantes para o setor desde 1980, e agora o Ministério da Defesa trabalha em planejamento estratégico para aumentar exportações. Segundo ele, casa US$ 1 investido nessa indústria tem retorno de quase US$ 10.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro quer iniciar 2020 com reforma ministerial]
Política

Bolsonaro quer iniciar 2020 com reforma ministerial

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Dezembro de 2019 ⋅ 14:28 em Política

Titulares das pastas da Educação, Casa Civil e Minas e Energia devem ser substituídos, segundo interlocutores do governo