Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

'Não conhece a história do negro', diz Benedita sobre novo presidente da Fundação Palmares

A deputada afirmou que há um abaixo assinado para expulsar Sergio Nascimento do cargo

['Não conhece a história do negro', diz Benedita sobre novo presidente da Fundação Palmares]
Foto : Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Por Kamille Martinho no dia 28 de Novembro de 2019 ⋅ 18:10

A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) criticou hoje (28) o novo presidente da Fundação Cultural Palmares, Sergio Nascimento, já defendeu o fim do feriado da Consciência Negra, criticou manifestações culturais associadas à população negra, e atacou personalidades negras como Marielle Franco, Taís Araújo e Lázaro Ramos.

"A Fundação Palmares foi criada para fomentar políticas culturais para a população negra e ele [Sergio Nascimento] chega a dizer que a escravidão foi benéfica para nós, negros. Imagine se uma pessoa dessa natureza pode dirigir a fundação Palmares. Ele diz, praticamente, que Palmares não existiu e que Zumbi é um falso herói, como se não tivesse existido os quilombos, as revoltas. Ele não conhece a história do Brasil e muito menos a historia do negro brasileiro", disse a deputada.

Benedita da Silva apresentou, juntamente com outros seis deputados negros, uma proposta de enfretamento ao racismo estrutural. A proposta altera o a Lei do Servidor Público para prever a demissão de servidor condenado em última instância por racismo.

A deputada ainda afirmou que há um abaixo assinado para expulsar o novo presidente da fundação. "Nós somos negros e negras e não abriremos mão disso", concluiu.

Notícias relacionadas