Sábado, 04 de dezembro de 2021

Política

Guedes sabe que errou ao falar em AI-5, diz Maia

Em discurso para empresários, presidente da Câmara ainda reprovou os incentivos à polarização do país, segundo a coluna Painel S.A., da Folha

Guedes sabe que errou ao falar em AI-5, diz Maia

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por: Juliana Rodrigues no dia 29 de novembro de 2019 às 09:40

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, sabe que cometeu um erro ao falar sobre uma possível reedição do AI-5.

"Frases que geram insegurança geram retração de decisões de investimento. Todo mundo sabe disso e acho que o Paulo também sabe. Ele sabe que acabou errando”, declarou, em entrevista à coluna Painel S.A., da Folha. Uma nova crítica à fala de Guedes foi feita por Maia durante discurso para uma plateia de empresários e investidores, no aniversário de dez anos do banco BR Partners, em São Paulo, ontem (28).

Questionado pela coluna se o empresariado evita reprovar publicamente a fala do ministro sobre o AI-5 por receio de comprometer a agenda liberal da equipe econômica, Maia disse que os investidores realmente se preocupam com relação ao tema. “Todos sabem que questões democráticas e ambientais são pressupostos fundamentais para investimento estrangeiro. Não vejo os grandes investidores do mundo pensando em investir na Venezuela. Não estou dizendo que o Paulo quer isso. Estou dizendo que o discurso, às vezes, gera insegurança”, disse.

No palco do evento, o presidente da Câmara ainda criticou o incentivo à polarização, vindo tanto do governo quanto do ex-presidente Lula, em sua avaliação. “Fico preocupado com o nosso governo e o ex-presidente estimulando mobilizações de rua. Está parecendo mais um interesse de construir uma guerra campal em vez de construir ambiente de disputas eleitorais futuras”, disse.

Guedes sabe que errou ao falar em AI-5, diz Maia - Metro 1