Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

'Cultura tem que estar de acordo com a maioria da população', diz Bolsonaro sobre chefe da Fundação Palmares

Presidente não quis comentar declarações de Sérgio Camargo, que defende o fim do movimento negro e nega que haja racismo no Brasil

['Cultura tem que estar de acordo com a maioria da população', diz Bolsonaro sobre chefe da Fundação Palmares]
Foto : Antonio Cruz/ Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 29 de Novembro de 2019 ⋅ 11:02

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (29) que a cultura no Brasil precisa "estar de acordo com a maioria da população". A declaração foi dada em resposta a questionamento sobre se o jornalista Sérgio Nascimento de Camargo ficará à frente da Fundação Cultural Palmares, órgão de preservação e promoção da cultura brasileira. Camargo defende o fim do movimento negro e nega que haja racismo no Brasil.

A fundação Palmares fica na estrutura da Secretaria Especial da Cultura, o antigo Ministério da Cultura, comandada por Roberto Alvim, que segundo Bolsonaro, tem "carta branca" na área. "O secretário [da Cultura] é um tal de Roberto Alvim, dei carta branca para ele. A cultura nossa tem que estar de acordo com a maioria da população brasileira, não de acordo com a minoria", disse.

Questionado se concordava com as declarações de Camargo, Bolsonaro disse que não entraria em "detalhes" e reforçou que cabem a Alvim as decisões na área da cultura.

Notícias relacionadas