Política

Planalto diz que embaixador deve representar governo na posse de Fernández

Bolsonaro recuou da decisão de enviar o ministro da Cidadania, Osmar Terra, à cerimônia marcada para amanhã

[Planalto diz que embaixador deve representar governo na posse de Fernández]
Foto : Antônio Cruz / Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Dezembro de 2019 ⋅ 10:23

O Palácio do Planalto informou, na manhã de hoje (9), que o embaixador do Brasil em Buenos Aires, Sergio Danese, deve ser o representante do governo brasileiro na posse do novo presidente da Argentina, Alberto Fernández. A cerimônia está marcada para amanhã (10).

"Até o momento, apenas o embaixador do Brasil em Buenos Aires, Sergio Danese, vai representar o governo", informou a Presidência.

Esta deve ser a primeira vez desde 2003 que o chefe de Estado brasileiro não irá à posse do novo presidente argentino. Em novembro, o governo chegou a anunciar que o ministro da Cidadania, Osmar Terra, marcaria presença na cerimônia, mas recuou da decisão.

Segundo o colunista Gerson Camarotti, do G1, o recuo de Bolsonaro foi influenciado pelo fato de terem sido convidados os ex-presidentes Evo Morales, da Bolívia, e Raúl Castro, de Cuba. Ambos pertencem ao campo ideológico oposto ao do chefe de Estado brasileiro.

Notícias relacionadas