Política

Bolsonaro diz que PSL 'está cheio de traíra' e que terá mais critério em novo partido

Presidente avalia que houve pouco rigor na sua antiga legenda porque filiações foram feitas pouco tempo antes das eleições

[Bolsonaro diz que PSL 'está cheio de traíra' e que terá mais critério em novo partido]
Foto :

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Dezembro de 2019 ⋅ 17:20

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (11) que terá "critério concreto" para filiar pessoas no partido que pretende criar, o Aliança pelo Brasil. O objetivo, segundo ele, é evitar a entrada de um "traíra", como ele afirma que ocorreu no seu antigo partido, o PSL.

Em conversa com apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro avaliou que houve pouco rigor na sua antiga legenda porque filiações foram feitas pouco tempo antes das eleições.

"Eu vou ter critério concreto para botar gente no meu partido. Não vou botar traíra. Entrou traíra porque foi em cima da hora. Está cheio de traíra o partido que eu deixei para trás", disse.

Segundo o secretário-geral do Aliança, Admar Gonzaga, só será permitida a filiação ao partido nos termos da Lei da Ficha Limpa, que veda a candidatura de condenados em segunda instância.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro sanciona fundo eleitoral de R$ 2 bilhões ]
Política

Bolsonaro sanciona fundo eleitoral de R$ 2 bilhões

Por Danielle Campos no dia 18 de Janeiro de 2020 ⋅ 09:30 em Política

Mesmo após aprovar a iniciativa, o presidente Jair Bolsonaro diz ser contrário ao fundo eleitoral e pediu aos eleitores para não votarem em 2020 em candidatos que usem o...