Política

Entre janeiro e novembro, turismo em Salvador já bateu recorde de 2018, diz Tinoco

Secretário de Cultura e Turismo celebrou resultado registrado em meio a um cenário de crise e afirmou que novo Aeroporto vem para "dar dignidade" aos baianos

[Entre janeiro e novembro, turismo em Salvador já bateu recorde de 2018, diz Tinoco]
Foto : João Brandão / Metropress

Por João Brandão e Juliana Rodrigues no dia 11 de Dezembro de 2019 ⋅ 18:35

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoco, afirmou, hoje (11), que os dados do fluxo turístico na capital baiana entre janeiro e novembro de 2019 já indicam um recorde em comparação com os 12 meses do ano passado. Em entrevista ao Metro1, durante a inauguração da primeira etapa da reforma do Aeroporto Internacional de Salvador, Tinoco celebrou o resultado registrado em meio a um cenário de crise.

"Até o mês de novembro a movimentação já está maior que em 2018, e hoje podemos afirmar que vamos, sim, superar um ano que foi recorde, o ano passado. É preciso ressaltar que nesse ano de 2019 tivemos duas grandes crises: a crise da Avianca, que representava 29% do mercado aqui de Salvador, e a crise do óleo. E passamos pelas duas crises sem sentir o efeito de uma queda drástica ou significativa, pelo contrário. Isso demonstra a consolidação de Salvador como destino que hoje se ressalta não só em nível nacional como em nível internacional. Nossa expectativa, inclusive, é que 2020 seja ainda melhor", disse o secretário, frisando a importância de obras como a do Centro de Convenções para o aumento do fluxo.

Tinoco ainda avaliou que a entrega da primeira etapa da reforma do aeródromo é importante não apenas para estimular o fluxo turístico, como também para "dar dignidade" aos baianos. "Mais do que dar dignidade à cidade pela sua qualidade, esse equipamento está aumentando a capacidade de visitação. A gente vislumbra uma possibilidade completa de praticamente duplicar o número de turistas, de 8 para 15 milhões. E não podemos esquecer que é também um equipamento que atende ao soteropolitano, ao baiano que sai de Salvador pelo Aeroporto e que sofria muito devido à baixíssima qualidade dos serviços", afirmou.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro sanciona fundo eleitoral de R$ 2 bilhões ]
Política

Bolsonaro sanciona fundo eleitoral de R$ 2 bilhões

Por Danielle Campos no dia 18 de Janeiro de 2020 ⋅ 09:30 em Política

Mesmo após aprovar a iniciativa, o presidente Jair Bolsonaro diz ser contrário ao fundo eleitoral e pediu aos eleitores para não votarem em 2020 em candidatos que usem o...