Política

‘Só vou para disputa se tiver aliança do campo progressista’, diz Freixo sobre eleição no Rio

Freixo afirma que já teve aproximação do PT e PV, mas acredita que para poder entrar na disputa com condições reais, é preciso ampliar a aliança

[‘Só vou para disputa se tiver aliança do campo progressista’, diz Freixo sobre eleição no Rio]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 24 de Janeiro de 2020 ⋅ 09:17

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole hoje (24), que depende da formação de uma aliança progressista para firmar sua candidatura à prefeitura do Rio de Janeiro. Ele já disputou duas vezes, em 2012 e 2016. 

“Meu nome está colocado e, nas pesquisas, está em primeiro lugar, empatado com o ex-prefeito Eduardo Paes. Mas isso vai depender um pouco da capacidade de unidade de um campo progressista. Acho que se tiver juízo e criar condição. Caso contrário, não tem necessidade de sair de onde estou. Eu só vou para a disputa se tiver aliança do campo progressista”, declarou. 

Freixo afirma que o PT e PV já se aproximaram para discutir a candidatura dele, mas acredita que para poder entrar na disputa com condições reais, é preciso ampliar a aliança, diante dos problemas que a cidade enfrenta. 

“Não é fácil (aliança com o PT), mas no Rio amadureceram muito. Porque no Rio o PSOL é mais forte e maior do que em outros lugares do país. O PV e o PT já se aproximaram e estamos até debatendo programa. É importante que outros setores se aproximem, para que a gente crie elementos de disputa real”, disse.

Notícias relacionadas

[Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro]
Política

Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 18:00 em Política

Em entrevista à equipe de televisão, no Guarujá, onde passa o carnaval, Bolsonaro afirmou que o texto será entregue após o carnaval

[Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro]
Política

Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:00 em Política

“Implodi o Inmetro. Implodi. Mandei todo mundo embora”, afirmou o presidente na porta de um supermercado no Guarujá, onde passa o feriado de carnaval