Política

Conselheiro do presidente envia mensagens a favor do AI-5 e de protesto contra STF e Congresso

Waldir Ferraz conheceu Bolsonaro no Exército em 1986 e é chamado de "primo" pelo presidente

[Conselheiro do presidente envia mensagens a favor do AI-5 e de protesto contra STF e Congresso]
Foto : Reprodução/ Época

Por Juliana Almirante no dia 27 de Fevereiro de 2020 ⋅ 09:00

Um dos mais antigos aliados e conselheiros do presidente Jair Bolsonaro, Waldir Ferraz, enviou mensagens para seus contatos do WhatsApp ontem (26) para participarem dos protestos contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF).  

Ferraz ainda enviou mensagens que afirmam que o AI-5 seria "a solução final para os ratos que infestam o Congresso Nacional". Marco do período mais sombrio da ditadura militar, o Ato Institucional nº 5, conhecido como "AI-5", foi um decreto emitido durante o governo de Artur da Costa e Silva, no dia 13 de dezembro de 1968. 

As imagens compartilhadas por ele também são a favor de Augusto Heleno e ainda trazem a imagem de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre como o "corrupto da Câmara" e o "corrupto do Senado".

Ferraz conheceu Bolsonaro no Exército em 1986, é chamado de "primo" pelo presidente e janta com ele no Palácio da Alvorada.

Ele também já trabalhou no gabinete de Bolsonaro na Câmara Municipal do Rio de Janeiro e no diretório do PSL no Rio de Janeiro. 

Notícias relacionadas