Política

Brasileiro pula em esgoto e não acontece nada, diz Bolsonaro em alusão a infecção pelo coronavírus

Para presidente, 'muita gente já foi infectada' e adquiriu anticorpos que ajudam 'a não proliferar isso daí'

[Brasileiro pula em esgoto e não acontece nada, diz Bolsonaro em alusão a infecção pelo coronavírus]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Juliana Rodrigues no dia 27 de Março de 2020 ⋅ 09:07

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem (26), ao chegar à residência oficial do Palácio da Alvorada no fim da tarde, que o brasileiro precisa ser "estudado" porque é capaz de pular "no esgoto" sem que nada aconteça com ele.

A declaração foi dada em resposta a uma pergunta sobre a possibilidade de o Brasil chegar à situação dos Estados Unidos, que, após um mês, se tornou o país com mais casos da doença Covid-19 no mundo, com mais de 82 mil infectados e mais de mil mortos em razão do coronavírus.

De acordo com Bolsonaro, muitos brasileiros já foram infectados e adquiriram anticorpos, o que, afirmou, "ajuda a não proliferar isso daí".

"Eu acho que não vai chegar a esse ponto [a situação dos Estados Unidos]. Até porque o brasileiro tem que ser estudado. Ele não pega nada. Você vê o cara pulando em esgoto ali, sai, mergulha, tá certo? E não acontece nada com ele. Eu acho até que muita gente já foi infectada no Brasil, há poucas semanas ou meses, e ele já tem anticorpos que ajuda a não proliferar isso daí", afirmou.

O presidente também disse que o brasileiro "tem que aprender a cuidar dele mesmo", ao ser perguntado se o governo estudava alguma medida para implementar o chamado "isolamento vertical". Por essa medida, ficam recolhidos somente os que fazem parte de grupo de risco, como idosos e pessoas com doenças crônicas. A posição de Bolsonaro contraria recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

"O próprio [ministro da Saúde, Luiz Henrique] Mandetta tá convencido disso. Mas a quarentena vertical tem que começar pela própria família. O brasileiro tem que aprender a cuidar dele mesmo, pô", afirmou.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro assina reajuste a policiais do DF]
Política

Bolsonaro assina reajuste a policiais do DF

Por Luciana Freire no dia 26 de Maio de 2020 ⋅ 18:20 em Política

MP foi assinada no início da tarde em uma cerimônia fechada no Palácio do Planalto; aumento será de 25% para policiais militares e bombeiros e de 8% para policiais civis