Política

Bolsonaro mudou discurso sobre coronavírus após conversa com Villas Bôas e ministros da ala jurídica

Por suas falas anteriores, o presidente teve que arcar com a falta de apoio de Moro e Guedes

[Bolsonaro mudou discurso sobre coronavírus após conversa com Villas Bôas e ministros da ala jurídica]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Lara Curcino no dia 01 de Abril de 2020 ⋅ 08:00

A mudança de discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em seu pronunciamento ontem (31) ocorreu após conversa com o ex-comandante do Exército general Villas Bôas e com ministros militares e da área jurídica. A informação é da Folha.

O presidente mudou o tom sobre o que defendia em relação a como lidar com a pandemia de coronavírus. Em sua fala de quase oito minutos, ele chegou a defender um pacto nacional para enfrentamento da doença no Brasil. 

Anteriormente, o presidente havia apoiado a volta à “vida normal”, com adoção do isolamento apenas para pessoas de grupos de riscos. Seu posicionamento lhe rendeu um afastamento de dois dos seus principais ministros: Sergio Moro (Justiça) e Paulo Guedes (Economia), além de ir de encontro com as declarações do titular da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Notícias relacionadas