Política

Depois de pregar união, Bolsonaro posta vídeo com ataque a governadores

Nas imagens, um homem aparece mostrando suposto desabastecimento de alimentos em Belo Horizonte e acusa governadores de se aproveitarem politicamente da situação

[Depois de pregar união, Bolsonaro posta vídeo com ataque a governadores]
Foto : Isac Nóbrega/PR

Por Juliana Rodrigues no dia 01 de Abril de 2020 ⋅ 09:23

Embora tenha pregado a união e um pacto em defesa da vida com o Judiciário, o Legislativo, além de governadores e prefeitos, durante pronunciamento na noite de ontem (31), o presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar os chefes do Executivo dos estados, hoje (1º). Pela manhã, ele postou nas redes sociais um vídeo no qual aponta suposto desabastecimento em Belo Horizonte (MG).

No vídeo, um homem que diz estar na central de distribuição de alimentos da capital mineira, segue a cartilha do chamado gabinete do ódio e diz que não é só o coronavírus que mata, “fome, desespero, caos também mata”.

Ele repete a estratégia dos filhos de Bolsonaro, que falam em caos social por causa do isolamento social imposto nas cidades contra a pandemia. O homem diz que haverá uma “quebradeira geral” por causa do fechamento das cidades e aí virá o “desespero em massa”.

No vídeo, o homem ainda afirma que “a culpa disso aqui é dos governadores, porque o presidente da República está brigando insistentemente para que haja uma paralisação responsável” e lamenta que os “governadores querem ganhar nome e projeção política à custa do sofrimento da população”.

O presidente ainda adicionou o seguinte comentário à postagem: "Não é um desentendimento entre o Presidente e ALGUNS governadores e ALGUNS prefeitos... São fatos e realidades que devem ser mostradas. Depois da destruição não interessa mostrar culpados".

Notícias relacionadas