Política

Bolsonaro mira artilharia contra Doria e Mandetta no WhatsApp

'Frenético', presidente passou a compartilhar diversos áudios, vídeos e memes críticos ou irônicos em relação ao ministro e ao governador de São Paulo

[Bolsonaro mira artilharia contra Doria e Mandetta no WhatsApp]
Foto : Flickr/Governo de São Paulo

Por Matheus Simoni no dia 06 de Abril de 2020 ⋅ 09:19

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) voltou a atuar em seus grupos de WhatsApp contra quem ele considera seus adversários políticos na pandemia de coronavírus. Segundo a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, seus dois alvos preferidos eram o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o governador de São Paulo, João Doria. "Frenético", Bolsonaro passou a compartilhar diversos áudios, vídeos e memes críticos ou irônicos em relação a ministro.

Em relação a Doria, por exemplo, o presidente compartilhou um vídeo intitulado "Doria traidor", em que o governador diz que é leal a Geraldo Alckmin. Antes, um texto que Bolsonaro reencaminhou dizia: "Peço repassar. Esse vagabundo está agora traindo o Brasil".

No final de semana, o chefe do Executivo divulgou nas redes, em tom de ameaça, um vídeo onde fala em "não ter medo de usar a caneta" contra membros do seu governo que "viraram estrelas". 

Notícias relacionadas