Política

Ex-secretário de Justiça diz que Moro ‘não tinha a menor ideia’ do que seria trabalhar com Bolsonaro

Freitas afirmou que o ex-ministro tentou ‘até o último minuto’ reverter decisão do presidente de trocar comando da PF

[Ex-secretário de Justiça diz que Moro ‘não tinha a menor ideia’ do que seria trabalhar com Bolsonaro]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Lara Curcino no dia 13 de Maio de 2020 ⋅ 14:00

O ex-secretário de Justiça Vladimir Passos de Freitas, um dos principais auxiliares de Sergio Moro no Ministério da Justiça, afirmou que o ex-juiz da Lava Jato “não tinha a menor ideia” do que seria trabalhar junto ao presidente Jair Bolsonaro.  

"A carreira política do presidente era no Rio de Janeiro, e ele [Moro] era um juiz do Sul do país, totalmente distante. Não creio que ele tivesse ideia de como seria a vida comum ali”, ponderou o também juiz aposentado, de acordo com a Folha. 

Freitas, que desempenhou também a função de assessor para Assuntos Legislativos na pasta, disse ainda que Moro tentou “até o último minuto” reverter a decisão de Bolsonaro de trocar o comando da Polícia Federal, anteriormente ocupado por Maurício Valeixo, principal motivação do ex-ministro para pedir demissão. 

Notícias relacionadas